As Melhores Ideias dão Frutos, a Brincar ao Carnaval

Passatempo

Esta atividade é promovida pela Compal (marca da SUMOL+COMPAL) e pela Tetra Pak em parceria com o Programa Eco-Escolas da Associação Bandeira Azul da Europa e visa chamar a atenção dos jovens para a importância da reutilização, reciclagem, proteção do ambiente e da introdução de fruta na alimentação diária.

Datas

inscrição: 31 de janeiro
envio dos trabalhos: 30 março
comunicação dos resultados: 15 de abril
O passatempo decorrerá entre os dias 31 de janeiro e 30 de março

Destinatários

O passatempo é direcionado para as escolas pertencentes à rede Eco-Escolas sendo, considerados 2 escalões:

  • escalão 1: jardins de infância e escolas de 1º ciclo;
  • escalão 2: escolas de outros níveis de ensino até ao 3º ciclo;

Cada escola deverá organizar-se conforme melhor entender, podendo realizar vários trabalhos. No entanto, apenas um trabalho poderá ser submetido a concurso por escola.

Prémios

Serão atribuídos um total de 6 prémios, no valor total de € 3.000,00, da seguinte forma:

  • Para o 1.º Escalão:  as 3 escolas premiadas recebem o valor de 500,00€ em material que ajude a tornar a escola mais sustentável.
  • Para o 2.º Escalão: as 3 escolas premiadas recebem o valor de 500,00€ em material que ajude a tornar a escola mais sustentável.

As escolas vencedoras transmitirão aos promotores uma lista do material ecológico de que necessitam, no valor do prémio atribuído, que será, posteriormente, entregue.

Regras de Participação

A Eco-Escola que queira participar deverá manifestar a sua intenção registando-se até ao final do dia 31 de janeiro no site do desafio que irá ser disponibilizado brevemente.
Para efetuar o registo, ,basta  fazer login com os acessos da plataforma Eco-Escolas e inscrever-se preenchendo para tal as informações solicitadas.

Descrição do Trabalho

As máscaras deverão ser construídos com embalagens da Tetra Pak da marca Compal e deverão exibir a marca FSC®  e Tetra Pak®
É permitido utilizar materiais complementares como colas, tintas ou cordéis, e ainda criar estruturas em arame, ou outro material, desde que a base do projeto sejam as referidas embalagens;
O tamanho dos trabalhos não deverá ultrapassar 1,5m de altura e largura, ficando o seu aspeto, ao critério de cada participante.
A última etapa será inserir na plataforma Eco-Escolas 6 fotografias até 30 de março.

Nota: As escolas que participem e os seus professores coordenadores serão responsáveis por assegurar a autorização dos encarregados de educação da publicação de fotografias de crianças e jovens.

As fotografias devem apresentar:

  1. O registo do processo de construção da máscara;
  2. A máscara;
  3. O detalhe da máscara onde seja visível uma embalagem da Compal com o logótipo da Tetra Pak e a marca FSC®;
  4. A turma/grupo com a máscara. (Opcional)

É ainda solicitada uma memória descritiva onde devem constar informações relativas ao processo de construção da máscara (materiais, metodologias e intervenientes).

Avaliação e Júri

Os critérios de avaliação dos trabalhos a concurso serão:

  • criatividade e originalidade;
  • demonstração da capacidade de reutilização de recursos;
  • mensagens implícitas e explicitas;
  • cumprimento das regras do presente regulamento (ponto 6);

O júri será constituído por elementos da ABAE, da Tetra Pak e da marca Compal (Sumol+Compal).

Entre os dias 1 e 12 de abril, o júri decidirá os resultados do passatempo.
Os resultados serão anunciados no dia 15 de abril através dos e-mails registados e, ainda, no site do concurso.

site do desafio disponível brevemente