Paula Virgínia Lopes Dias Leão de Meireles, licenciada em Engenharia do Ambiente, no Ramo Ambiente, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa sempre tem desempenhado funções públicas. Exerce atualmente funções de Chefe da Divisão de Gestão do Ar e Ruído do Departamento de Gestão Ambiental da Agência Portuguesa do Ambiente, I. P., em regime de substituição (janeiro 2020 – atualidade) – atividades no domínio da Avaliação e Gestão do Ar, Proteção da Camada da Ozono e da Poluição Atmosférica.

Anteriormente desempenhou funções de técnica superior da Agência Portuguesa do Ambiente, I. P., como assessora ao Conselho Diretivo (dezembro 2015 — dezembro 2019). Foi Secretária Executiva da Coligação para o Crescimento Verde (julho de 2015 — janeiro de 2019). Foi técnica especialista do Gabinete do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia dos XIX e XX Governos Constitucionais (agosto de 2013 – novembro de 2015) Foi Diretora do Departamento de Resíduos da Agência Portuguesa do Ambiente, I. P. (APA, I. P.) e Diretora do Departamento de Fluxos Especiais e Mercado de Resíduos e do Departamento de Operações de Gestão de Resíduos (em acumulação) em regime de substituição — atividades nos domínios da definição e implementação de políticas de resíduos, de operações de gestão de resíduos, de fluxos específicos de resíduos, de licenciamento, de gestão de informação, de planeamento de resíduos e nos domínios dos solos contaminados e da responsabilidade (2012 -2013) Foi técnica superior da APA, I. P. desempenhando funções nas áreas da proteção da camada de ozono, dos gases fluorados com efeito de estufa, no acompanhamento da Convenção de Genebra sobre Poluição Atmosférica Transfronteira a Longa Distância, no âmbito da UE e da UNECE e das respetivas implicações a nível nacional (2010 -1012). Foi Chefe da Divisão de Controlo Ambiental do Departamento de Ambiente e Espaços Verdes da Câmara Municipal de Lisboa, em regime de substituição — competências em áreas de licenciamento, de ruído, de águas residuais, e de qualidade do ar (2006 -2010). Foi Técnica superior no Instituto do Ambiente, I. P. — atividade na área da Prevenção e Controlo Integrado de Poluição (2003 -2006). Foi técnica superior na DRARNLVT e também da CCDR-LVT— atividade nas áreas da qualidade do ar e da poluição atmosférica (1996 -2003).

X