Bruno Pinto

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa
 

Bruno Pinto

“Desde 2009 que centro a minha atividade na comunicação de ciência e ambiente, tendo explorando formatos como a exposição, a crónica, o teatro, o stand-up comedy ou a banda desenhada. Atualmente, faço investigação em comunicação de ciência e ambiente no MARE- Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, colaborando também nas atividades de comunicação deste centro.”

 

Marina Duarte

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa

Marina Duarte,

Licenciada em Biologia Marinha (2008) e Mestre em Ecologia Marinha (2011), pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Formadora na área de educação ambiental e para a sustentabilidade. Desde 2014, que colabora com o Oceanário de Lisboa no desenvolvimento de programas educativos e em ações de formação para professores e educadores.

Ana Lourenço

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa

Formação Académica:

Licenciada em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa (1984), com a classificação de Bom (quinze valores). Mestre em Desenho Urbano, pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (2000), com a classificação de Muito Bom.

Experiência Profissional e Cargos Desempenhados, na Câmara Municipal de Lisboa (CML):

É arquitecta da CML desde 1984, tendo desempenhado diversos cargos e funções entre os quais se destaca, por ordem cronológica, Planeamento Urbanístico (1984 a 1989 e 1995 a 1998); Reabilitação Urbana (1990/95), onde coordenou o Grupo da Colina do Castelo; Planeamento Estratégico (1998 a 1999); Gestão do Ambiente Urbano (2003 a 2006), onde foi Directora do Departamento de Gestão do Espaço Público; Projecto e Obras (2006 a 2011) onde foi Directora do Departamento (2006 a 2007) e coordenou o Projecto de Formação-Acção “Análise e Revisão de Projectos de Obras de Edifícios”, parceria ISQ -Instituto de Soldadura e Qualidade / CML, ao abrigo do Programa FORAL (157 horas).

Em Dezembro de 2011, regressou ao Departamento de Planeamento e Reabilitação Urbana, tendo exercido funções na Lisboa E-Nova  (2011 a 2014) ao abrigo do protocolo de colaboração entre ambas as instituições; tendo ingressado na Divisão do Plano Diretor Municipal, no âmbito da qual, entre outros, colaborou no Relatório do Estado do Ordenamento do Território, na candidatura à European Green Capital, foi co-autora da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Lisboa (Projeto ClimAdaPT-Local, CML/Ambiente e Planeamento (2015-16) e do Plano de Ação para a Energia Sustentável e o Clima (Pacto dos Autarcas para o Clima e Energia).

Em Outubro de 2019, foi nomeada Diretora do Departamento de Ambiente Energia e Alterações Climáticas, da Direção Municipal do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia.

Atividade docente:

Docente do curso de Arquitectura da Universidade Lusíada de Lisboa entre 1991/92 e 2016/17, tendo leccionado as disciplinas de Projeto, Urbanismo, Planeamento Regional e Urbano, Cidae e Território e Geografia Humana.

Joana Pedro

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa
 

Joana Pedro, 22 anos

Sou Jovem Repórter para o Ambiente desde 2011. Comecei numa aula de geografia na Escola Secundária Ferreira Dias e hoje estudo Medicina Veterinária na Universidade de Lisboa. Nunca quis ser jornalista, mas agarrei-me ao projeto por me identificar com o mote: poder chamar a atenção de qualquer um, contando uma história sobre os problemas ambientais que via à minha volta. Sempre adorei estar em contacto com a natureza e com o mar e sair da minha zona de conforto. Aceitei o desafio e acabei por participar em Seminários Nacionais como participante e monitora, na primeira edição da Missão no Jardim Zoológico de Lisboa, em três Missões no RockinRio, na Missão Internacional na Lousã, na COP22 em Marrocos, e COP25 em Madrid e em duas conferências para Youth Leaders promovidas pela UNESCO.

Acabei por descobrir que o programa JRA é muito mais do que aquilo que esperava. Não só consegui contar muitas histórias, como desenvolvi as minhas capacidades de comunicação, espírito crítico, autonomia e também trabalho em grupo. Num projeto internacional e bem disseminado a nível nacional, tive a oportunidade de conhecer e aprender com imensas pessoas, a quem hoje chamo amigos.

Conceição Moreira

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa
 

Maria da Conceição Milheiro Moreira, licenciou-se em Engª da Produção dos Óleos Alimentares (1997), após ter concluído o bacharelato em Engª da Produção Agrícola, pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco, em 1992. Iniciou a sua vida profissional em 1991/92, como professora, e desde daí nunca mais largou a área da Educação. Mais tarde, realizou a profissionalização em Ensino, na Escola Superior de Educação de Santarém.
Já lecionou desde o 5º ao 12º ano de escolaridade, entre eles cursos profissionais, passando por várias escolas do país e lecionando várias disciplinas. Desde sempre o seu interesse e admiração pelo Ambiente/Natureza a fascinaram, e deve isso também a alguns professores que teve durante a escolaridade obrigatória. A Quercus foi a primeira associação ambientalista que a fascinou.
Hoje, é professora do 2ºciclo, do grupo de recrutamento 230, Matemática e Ciências Naturais, no Agrupamento de Escola Básica Alexandre Herculano, professora responsável pelo Clube do Ambiente há cinco anos na escola e há quatro anos consecutivos coordenadora do Programa Eco-Escolas na mesma escola. Gosta da sua profissão, mas fica arrepiada com certos comportamentos e atitudes da nossa sociedade (alunos e adultos) perante o respeito ou a falta dele pelo Ambiente.

Francisco Félix

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa
 

Francisco Félix

é natural de Peniche e professor do grupo de Biologia e Geologia da Escola Secundária de Peniche, desde 1984. A formação académica assenta fundamentalmente nas Ciências da Terra e da Vida para o Ensino.

Tem participado ativamente na divulgação e valorização do património natural do Concelho de Peniche, nomeadamente ao nível do património geológico e paleontológico. O trabalho tem sido desenvolvido especialmente junto da comunidade escolar, enquadrando-se em projetos desenhados na Escola Secundária de Peniche (Clube Ecológico “O Airinho” e Programa Eco-Escolas, entre outros), quer no âmbito de atividades da responsabilidade da Arméria – Movimento Ambientalista de Peniche.

A exposição de fotografia “Superfícies, texturas e pavimentos na orla costeira de Peniche”, foi apresentada pela primeira vez na Fortaleza de Peniche/Museu Municipal, de 1 de novembro de 2014 a 11 de janeiro de 2015. Depois, esteve patente na Galeria do Agrupamento de Escolas Fernão do Pó, no Bombarral, de 23 de fevereiro a 20 de março de 2015.

Possui cerca de uma centena de fotografias publicadas no Banco de Imagens da Casa das Ciências. Em dezembro de 2018, foi galardoado com o Prémio de Distinção na categoria de fotografia, promovido pela Casa das Ciências.

Em abril de 2019, foi galardoado com o prémio “Profissional do Ano “, pelo Rotary Clube de Peniche. Prémio associado à investigação, preservação e divulgação do Património Natural de Peniche.

Em agosto de 2019, obteve a Medalha de Mérito Municipal de Dedicação.

Carla Pacheco

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa
 

Carla Pacheco;

O gosto pela Ciência, Ambiente, Comunicação e Ensino conduziu à Licenciatura em Ensino de Biologia e Geologia na Universidade do Algarve. Posteriormente conclui o mestrado em Ciências da Terra e da Vida com a realização de uma tese sobre a ecologia de um lacertídeo endémico.

Leccionou em várias escolas de Portugal Continental e Região Autónoma da Madeira.  

Exerceu funções como comunicadora de ciência no Centro Ciência Viva de Estremoz.

Atualmente, encontra-se em destacamento pela Agência Portuguesa de Ambiente, na organização não governamental de ambiente (ONGA) GEOTA – Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente, onde desenvolve projetos de educação ambiental para a sustentabilidade (e.g. PROJETO COASTWATCH PORTUGAL e o CENTRO ECOLÓGICO EDUCATIVO DO PAUL DE TORNADA), junto de toda comunidade educativa e público em geral.

Duarte Mata

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa

Duarte d’Araújo Mata

Arquiteto paisagista, licenciado pelo Instituto Superior de Agronomia em 2000. Foi projetista e colaborou em diversos planos e projetos. Na Câmara Municipal de Lisboa desde 2007, tem trabalhado na área das políticas públicas, nomeadamente ao nível das infraestruturas verdes, incluindo NBS (soluções baseadas na natureza) para a adaptação climática. Adjunto do Vereador do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia desde 2015, trabalha na conceção e implementação dos planos climáticos, tendo participado na candidatura de Lisboa a Capital Verde Europeia 2020 e aos Projetos Life recentemente aprovados para adaptação climática em infraestruturas verdes.

Maria Santos

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa

Maria Santos

Administradora da Agência de Energia e Ambiente de Lisboa. Professora do Ensino Superior (Instituto Politécnico de Setúbal/Escola Superior de Educação). Licenciada em História (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa). Curso Superior de Educação pela Arte (Conservatório Nacional de Lisboa). Outra Atividade Profissional: Assessora da Direção da Agência Portuguesa do Ambiente -APA. Co-Coordenadora do Grupo Inter-Ministerial Educação Ambiental para a Sustentabilidade, em representação da APA. Conselheira Técnica Principal (Ambiente) da Representação Permanente de Portugal na União Europeia, Bruxelas.

Verónica Fernandes Bogalho

By | Seminário Eco-Escolas | Biografias, Seminário Nacional 2020 - Lisboa
 

Verónica Fernades Bogalho

Licenciada em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa desde 2005, integra a equipa do Centro de Recuperação de Animais Silvestres de Lisboa desde 2006, sendo actualmente responsável pela Reabilitação e Libertação dos animais. Interessa-se sobretudo pela conservação da natureza, em particular a fauna, participando em projectos de monitorização de aves e de educação e sensibilização ambiental.

X