Prova regional Eco-Cozinheiros nas Caldas da Rainha

No dia 5 de maio realizou-se a segunda prova regional dos Eco-Cozinheiros 2017. A Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste  abriu as suas portas para este grande desafio. Cinco escolas competiram entre si e deram o seu melhor na realização da sua eco-ementa. Os alunos mostraram os seus dotes, sempre com a ajuda da equipa de alunos da escola anfitriã.

As provas dos eco-cozinheiros são o culminar do projeto da Alimentação Saudável e Sustentável, onde se propõe às Eco-Escolas, a criação de eco-ementas que sejam saudáveis  e sustentáveis, com o objetivo de serem reprodutíveis nas cantinas escolares e que possam desta forma servir de exemplo para uma mudança na alimentação das crianças e jovens.

Todos os participantes estão de parabéns pelo seu empenho e dedicação. Destacaram-se, no entanto, duas escolas que foram apuradas para a prova Nacional dos Eco-Cozinheiros: a EB 2,3 Padre Alberto Neto, que apresentou uma ementa muito coesa, equilibrada e extremamente viável para ser reproduzida na cantina; e ainda a Escola EB 2,3 Luís de Camões, que nos surpreendeu com a utilização, quase exclusiva, de produtos locais, tais como: lúcio-perca, das águas do Tejo, espargos selvagens nas migas e até colocaram bolotas na sobremesa!

Gostaríamos muito de agradecer a disponibilidade da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, em especial ao Sr. Diretor Daniel Pinto, ao Chef Luís e ao Chef Bruno, ao coordenador do Programa Eco-Escolas, Luís Ribeiro, assim como a todos os alunos que auxiliaram os nossos pequenos eco-cozinheiros.

Até breve!

Mais fotografias desta prova aqui.

 

Apoiam as provas Eco-Cozinheiros 2017:

 

X