Hortas Bio nas Eco-Escolas | Premiados 2017/18

O desafio Hortas Bio, lançado pelo programa Eco-Escolas há cinco anos, continua a ter imenso sucesso junto das escolas, contando com 457 escolas inscritas este ano letivo.

Pretende-se, através deste concurso, que sejam aproveitados os espaços exteriores da escola para a realização de hortas escolares, seguindo os princípios da Agricultura Biológica. Este projeto não só contribui para alertar para a necessidade de uma alimentação mais saudável e a favor de uma exploração do solo sustentável, como também permite abordar de forma didática muitos dos conteúdos curriculares do ano letivo.

Este projeto está dividido em 3 categorias, horta pequena (até 50m²), horta grande (superior a 50m²) e, pela primeira vez, horta florida (qualquer dimensão).

As escolas premiadas das 3 categorias:

Hortas pequenas

Prémio

Escola

Concelho

Prof. coordenador

Escolas EB 2º e 3º ciclos Roque Gameiro

Amadora

Marta de Jesus Marques de Albuquerque

Escola EB1/PE do Porto Santo

Porto Santo

Rosa Maria Pereira Carvalho Afonso

Escola EB1/PE do Livramento – Monte

Funchal

António José Dinis Pimenta

Menção Honrosa

Externato Infante D. Henrique

Braga

Lília Cunha

Menção Honrosa

Centro de Bem Estar Social da Zona Alta

Torres Novas

Anabela Bruno

 

Hortas grandes

Prémio

Escola

Concelho

Prof. coordenador

ex-aequo

Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva

Vila Verde

Maria Madalena Rodrigues Sousa

Jardim de Infância e EB do Prado

Vila Real

Maria Luísa F. Gomes Ferreira Queirós

Escola Básica 2,3 de Alfornelos

Amadora

Sílvia Alexandra Mateus Ferreira

Escola EB 1/PE da Fonte da Rocha

Câmara de Lobos

Maria José Freitas Soares Pereira

Menção honrosa

Centro de Convívio Idoso Ativo da Casa do Povo de Água de Pena

Machico

Maria Fátima Belo Alves/ Laura Marina Calaça de Sousa

 

Hortas floridas

Prémio

Escola

Concelho

Prof. coordenador

ex-aequo

Escola EB 2,3 Cónego João Jacinto Gonçalves de Andrade

Ribeira Brava

Maria Celina de Sá Pereira da Silva

Engenho – Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este

Vila Nova de Famalicão

Ana Isabel Mendanha Carvalho

 

Este ano letivo foi também lançado, pela primeira vez, o desafio “Sementário”, no qual se propôs às Eco-Escolas a criação de um banco de sementes, com o objetivo de (in)formar jovens e adultos sobre a diversidade de sementes existentes na sua região, contribuir para a preservação de espécies agrícolas e/ou variedades locais, criar uma coleção de sementes para posterior cultivo na Horta Bio da escola e motivar a comunidade escolar para a recolha de sementes.

As premiadas do desafio:

Prémio

Escola

Concelho

Prof. coordenador

Escola EB 1/PE da Fonte da Rocha

Câmara de Lobos

Maria José Freitas Soares Pereira

Escola EB1/PE Dr. Clemente Tavares – Gaula

Santa Cruz

Ana Maria Baptista Freitas

Escola EB de Casal Comba

Mealhada

Lúcia Maria da Silva Ferreira

Menção honrosa

Externato Infante D. Henrique

Braga

Lília Cunha

Parabéns a todas as escolas que participaram!

X