ABAE e ERP Portugal lançam o ERP Eco Sustainability Award

Estabelecimentos do Ensino Superior nacionais desafiados a desenhar novo modelo do Depositrão

No âmbito das suas iniciativas de Investigação e Desenvolvimento, a ERP Portugal, entidade gestora de resíduos, desafia os estudantes do Ensino Superior para desenhar um novo equipamento para recolha de equipamentos elétricos e eletrónicos e pilhas em fim de vida.

Com o mote “Mostra que tens pilhas de criatividade”, o ERP Eco Sustainability Award é um projeto implementado pela entidade gestora, em parceria com a Associação Bandeira Azul da Europa/Programa EcoCampus e com apoio da Agência Portuguesa do Ambiente, da Direção-Geral das Atividades Económicas e do APESB Young Professionals Group.

O desafio consiste na apresentação de um desenho de um Depositrão antirroubo, feito com materiais reciclados ou recicláveis, com 3 compartimentos de recolha de resíduos: elétricos e eletrónicos com potencial de reutilização, elétricos e eletrónicos sem este potencial e que devem seguir para reciclagem e pilhas. Deve ser, ainda, submetido um cartaz a comunicar a importância e a função do equipamento de recolha proposto, uma vez que se pretende que este desafio seja interdisciplinar.

Com inscrições e candidaturas a funcionar online até dia 31 de janeiro de 2020, os estudantes do Ensino Superior já podem submeter os seus projetos, com base no regulamento do desafio, disponível em www.erpecosustainabilityaward.pt.

O júri vai selecionar 3 trabalhos, distinguidos com um prémio no valor de 3000€ cada um.

Filipa Moita, responsável de comunicação da ERP, afirma que: “O ERP Eco Sustainability Award visa introduzir ou reforçar a importância da adotação das melhores práticas de gestão de resíduos. Pretendemos alertar os estudantes do Ensino Superior para a necessidade de tornar o comportamento da entrega seletiva de resíduos um hábito, através da conceção de um Depositrão inovador, apelativo e funcional, permitindo prolongar a vida útil dos elétricos e eletrónicos com potencial de reutilização, bem como garantir a reciclagem destes resíduos e de pilhas usadas. Acreditamos que a criatividade deste nível de ensino dará origem a projetos pertinentes e com viabilidade de implementação.”

Mais informação sobre o desafio aqui

 

Sobre a ERP Portugal:
A ERP Portugal pertence a uma plataforma pan-Europeia, European Recycling Platform (ERP), fundada em dezembro de 2002. Esta plataforma tem uma quota de mercado entre 12% e 35% e já recolheu mais de 3 milhões de toneladas de REEE (Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos) na Europa. A 27 de abril de 2006, através de um despacho conjunto emitido pelo Ministério da Economia e Inovação e pelo Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território, obteve a licença para exercer a atividade de Gestão de REEE, tendo a mesma sido renovada a 25 de maio de 2018 (Despacho n.º 5258/2018). A licença para fazer a gestão de Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RP&A) Portáteis e Industriais Incorporáveis em Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (EEE) foi atribuída pelo Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território, em 2010, e renovada através do Despacho n.º 11275-A/2017. A ERP assume como missão assegurar a implementação mais rentável de um Sistema de Gestão de REEE e RP&A, para o benefício dos seus utentes e empresas, dando lugar a oportunidades de negócio e vantagens competitivas. A ERP já está a operar nos seguintes países: Alemanha, Áustria, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Suécia e Israel.

Mais informação em www.erp-recycling.pt ou www.facebook.com/erp.portugal

 

X