Eco-cozinheiros arrancam em Coimbra

No dia 2 de maio realizou-se a primeira prova regional dos Eco-Cozinheiros 2017. A Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra (EHTC) abriu as suas portas para este grande desafio. De entre as escolas convidadas a integrar as provas, cinco foram as escolas que competiram entre si e deram o seu melhor na realização da sua eco-ementa. Os alunos deram largas à imaginação, puseram as mãos na “massa” e com a ajuda da equipa de alunos “Green Team” da EHTC, tentaram convencer os jurados.

As provas dos eco-cozinheiros são o culminar do projeto da Alimentação Saudável e Sustentável, onde se propõe às Eco-Escolas, após um árduo trabalho de pesquisa, a criação de eco-ementas que sejam saudáveis mas também sustentáveis, cujo objectivo é serem reprodutíveis nas cantinas escolares e que possam desta forma servir de exemplo para uma mudança na alimentação das crianças e jovens.

Todos os participantes estão de parabéns pelo seu empenho e dedicação. Destacaram-se, no entanto as duas escolas que foram apuradas para a prova Nacional dos Eco-Cozinheiros: a Escola Básica Dr. Fortunato de Almeida, que embora tenha apresentado uma ementa simples, estava bastante saborosa e nutricionalmente completa, bem como exequível em cantinas escolares; e ainda o Instituto Vaz Serra, que nos surpreendeu pela originalidade e criatividade do seu prato principal, uma polenta de cogumelos com peitos de frango!

Um agradecimento muito especial à Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, em especial às coordenadoras do Eco-Escolas, Carla Marques e Isabel Lamy, aos alunos da “Green Team” que deram todo o apoio necessário às equipas em concurso, e aos restantes elementos do júri.

 

Mais fotografias desta prova aqui.

 

Apoiam as provas Eco-Cozinheiros 2017:

 

X