Brigada #AMARoMAR
Brigada #AMARoMAR | Porquê?

A gestão dos resíduos e, em particular, do plástico tem vindo a ser identificado como um dos maiores problemas globais dos nossos tempos.

O lixo que não é depositado corretamente é transportado pelos rios e ribeiras até aos oceanos, transformando-se em lixo marinho. O lixo marinho tem muitos impactes, quer para a fauna e flora marinhas, quer a nível social, económico e até na saúde humana.

Alguns números:

  • todos os anos, entre 1.15 e 2.41 milhões de toneladas de lixo chegam ao oceano através dos rios.
  • cerca de 80% do lixo marinho tem origem em atividades desenvolvidas em terra.
  • o plástico compõe cerca de 80% do lixo marinho e  90% do que se encontra no fundo do mar.
  • estima-se que  cerca de 8 milhões de toneladas de plástico vão parar anualmente ao oceano.
  • as pontas de cigarro são o item que aparece em maior número nas limpezas de praia.
  • um milhão de aves e 100 mil mamíferos marinhos morrem todos os anos devido à poluição por plástico
  • embora seja quase impossível contabilizar os micro plásticos estima-se que apenas 8% do lixo plástico é maior do que uma tampa de garrafa.
Brigada #AMARoMAR | O que é?

Trata-se de um projeto que visa alertar para as questões o lixo marinho.


O desafio consiste na monitorização e recolha dos resíduos na praia; na comparação dos dados ao longo do tempo; na comunicação e apresentação dos resultados; no envolvimento da escola e comunidade em todo o projeto.

Perceber as origens do lixo é um dos passos para agir na mudança de comportamentos do dia-a-dia, optando por soluções mais sustentáveis e comportamentos preventivos que evitem o agravamento do problema.

A monitorização e interpretação dos resíduos recolhidos na praia, deve suscitar o debate sobre as suas origens, bem como as alternativas possíveis.

Ajudar a resolver o problema o lixo marinho contribui ainda para preservar a biodiversidade do maior bioma a Terra – o Oceano -, uma vez que os resíduos são uma ameaça diversas espécies que os confundem com alimento.

Para implementar e desenvolver o projeto é sugerida / recomendada uma metodologia , podendo ainda as escolas condidatar-se:

 

Um projeto

Apoio