João Alegria

By | Seminário 2018 | Biografias

João Carlos Teixeira Alegria
Natural de Estarreja; nascido em 01 de julho de 1964;

  • Licenciado em Ciências Religiosas;
  • Pós-graduação em Administração e Gestão de Estabelecimentos de Ensino;
  • Professor do Quadro de Nomeação Definitiva do Agrupamento de Escolas de Estarreja;
  • Presidente do Conselho Diretivo da Escola/Agrupamento Prof. Dr. Egas Moniz de Avanca (1996-2005);
  • Vereador em regime de permanência na Câmara Municipal de Estarreja (de 2005 até ao presente), com os pelouros da Educação, Cultura, Ação Social, Juventude e Proteção Civil, entre outros…)

Workshop ABAE

By | Seminário 2018 | Apresentações

Por Margarida Gomes e Inês Pascoal

O objetivo deste workshop é o de apresentar várias ferramentas de trabalho disponíveis para a coordenação do Programa Eco-Escolas, clarificando e exemplificando a sua utilização:

  • breve passagem pelas várias fases de trabalho na plataforma Eco-Escolas: inscrição, acompanhamento, galardão; perguntas e dúvidas mais frequentes; documentos de trabalho.
  • exposições, jogos e ateliers temáticos que podem ser reproduzidos e/ou requisitados pelas escolas. Novidades: Loto da Floresta, puzzles Árvores Nativas, jogo de chão “Espiral das Alterações Climáticas”.

Tânia Filipa da Silva

By | Seminário 2018 | Biografias

Tânia Filipa Birrento da Silva, licenciada em Educação de Infância pela E.S.E. João de Deus (2002), e Mestre em Ciências da Educação—Teoria e Desenvolvimento Curricular (Mediação em Educação), pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa (2007).
Docente de Educação Pré—Escolar, desde 2002, trabalhou com diferentes populações—alvo, desde os quatro meses (creche), aos sete anos (jardim de infância), em IPSS, Estabelecimentos Particulares, e Ensino Público. Deu apoio a adolescentes em integração para a vida ativa e foi docente dos cursos de Formação e Educação (CEF e EFA) para Auxiliares de Ação Educativa (2008/9). Apresentou a temática “Relação Escola—Família” na segunda edição do Mestrado em Mediação em Educação da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa (2008).
Elemento da Equipa Eco Escolas desde o ano letivo 2010/2011 e Coordenadora nos anos letivos 2012/2013, 2015/2016, 2016/2017 e 2017/2018.
Apresentou o trabalho desenvolvido em Jardim de Infância, no âmbito da aplicação do Programa Eco—Escolas, na reunião de Diretores de Agrupamentos realizada em Lisboa em 2016.
Exerce atualmente funções docentes na Escola Básica e Jardim de Infância do Bairro da Madre de Deus, Agrupamento de Escolas Luis António Verney, em Lisboa.

Rosa Doran

By | Seminário 2018 | Biografias
Rosa Doran
Data Nascimento: 18/04/1961
Nacionalidade:Brasileira / Portuguesa
Email: rosa.doran@nuclio.pt
Formação:

  • Física- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Mestrado em Altas Energia em Gravitação na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa sob o Tema: ““Buracos Negros de Schwarzschild e suas aplicações Cosmológicas”.
  • Doutoramento no Ensino das Ciências na Universidade de Coimbra (em curso): “Black Holes in my School”.

ACTIVIDADES PROFISSIONAIS

Minhas actividades profissionais no período de 1979 a 1992 estiveram relacionadas com a indústria, no que diz respeito as áreas administrativa e financeira. Desde 1992 tenho me dedicado à investigação, divulgação científica e ensino nas áreas de Astronomia, Relatividade e Cosmologia. As actividades de divulgação são desenvolvidas em colaboração com o NUCLIO – Núcleo Interactivo de Astronomia (http://nuclio.org), associação da qual sou membro fundadora e Presidente do Conselho Executivo. Faço também parte da Comissão Instaladora do projecto Global Hands-on Universe (www.globalhou.net) cuja associação internacional nasceu em Portugal em 2008. Alguns programas e projetos em que estou correntemente envolvida:
– Chair do Galileo Teacher Training Program – um dos maiores programas em educação em astronomia a nível global (endossado pela UNESCO/IAU/IYA2009/9 – www.galileoteachers.org
– vice-chair do painel para a educação da COSPAR (Committee on Space Research)
– Projetos financiados pela União Europeia já finalizados: Open Discovery Space, Inspiring Science Education. Go-lab, European Hands-on Universe,
– Projetos financiados pela União Europeia em curso: Stories of Tomorrow, Next-Lab, OSOS, PLATON, IDiverSE, Digital Schools of Europe, Space Awareness
– Outros Projetos Internacionais: eGTTP, eScience Café, International Astronomical Search Collaboration, Dark Skies Rangers, Astronomers without borders, Universe Awareness, Portuguese Language Office of Astronomy for Development.

Ferramentas Tecnológicas para a promoção da Biodiversidade

By | Seminário 2018 | Apresentações

Por Ilisa Antunes e Daniel Ferreira

Numa primeira parte teórica, será debatida a importância do uso de algumas ferramentas tecnológicas para a promoção da biodiversidade, nomeadamente a biodiversidade urbana, quer para uso em contexto escolar, quer como meio de promoção do turismo de natureza. Serão apresentadas algumas aplicações móveis existentes, nomeadamente a aplicação móvel Biodiversity GO! lançada pelo Laboratório da Paisagem. 

Na parte prática, os participantes serão convidados a explorar os Jardins do Palácio Vila-Flor para identificação de algumas espécies, nomeadamente espécies arbustivas e arbóreas e também espécies de avifauna, com os nossos investigadores.

Autonomia e Flexibilidade Curricular numa Eco-Escola

By | Seminário 2018 | Apresentações

Por Maria de Jesus Carvalho

A educação/ escola desempenha um papel crucial na consciencialização, treino e desenvolvimento dos alunos como futuros cidadãos, conscientes e ativos pelo ambiente e pela sociedade. A escola deve, assim, dar a oportunidade aos alunos de resolverem, de forma ativa e democrática, questões ambientais ao nível local, de modo a que compreendam a relação com a sua própria vida.

O programa/ projeto Eco-escolas surge neste sentido. Este pressupõe uma educação ambiental, incutindo nas crianças uma consciência ecológica e de respeito pelo meio ambiente/ natureza, pressupostos igualmente contemplados na área da Cidadania e Desenvolvimento que está intimamente relacionada com toda a prática desenvolvida pelos professores no âmbito da flexibilidade curricular. Esta flexibilidade curricular implica um cruzamento de conhecimentos/ conteúdos que completem a criança no seu todo, tendo sempre presente o respeito pela sociedade e pela natureza, tornando, deste modo, o projeto Eco-escolas pertinente no desenvolvimento do processo educativo dos alunos e contribuindo, assim, para o desejado sucesso educativo.

Maria de Jesus Carvalho

By | Seminário 2018 | Biografias
 

Maria de Jesus Teixeira Carvalho

  • Licenciada em Ensino de Educação Física, com Formação Complementar em Desporto de Rendimento – Andebol, Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, Universidade do Porto, 28 de junho de 1991. 
  • Mestrado em Ciências do Desporto, na área de especialização em Gestão Desportiva, Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, Universidade do Porto, 8 de fevereiro de 2001.
  • Curso de Pós-Graduação – Especialização em Administração Escolar, Universidade do Minho, Ano Letivo 2001/2002, 30 de setembro de 2002.
  • Formadora CCPFC / RFO-17611/04, atribuído pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, nas áreas e domínios A21 – Educação Física e B01 – Administração Educacional, 31 de maio de 2004.
  • Curso de Especialização Pós-Licenciatura em Valorização Técnica Orientada para a Administração Escolar, na área de formação especializada em Administração Escolar e Administração Educacional, Universidade Católica de Braga, 19 de janeiro a 28 de junho de 2008.
  • Professora do Grupo 620 Educação Física, nos quadros do Ministério de Educação, desde o ano de 1991.
  • Funções na área de gestão e administração escolar:
  • Presidente do Conselho Executivo (2006 a 2008) do Agrupamento de Escolas de Moreira de Cónegos.
  • Diretora (2008 a 2017) do Agrupamento de Escolas Virgínia Moura, Moreira de Cónegos.

Ao longo do percurso profissional destaca-se o envolvimento em diversos projetos no Agrupamento, associados à Cidadania, Educação Ambiental, Solidariedade e Flexibilidade Curricular, etc.

Island Diversity

By | Seminário 2018 | Apresentações

Por Rosa Doran

Island Diversity: from collaborative inquiry to science outreach with Science Trails

O projeto Island Diversity pretende envolver estudantes de várias ilhas, em vários pontos do globo,  em propostas de investigação científica conjunta, em que a diversidade das ilhas é estudada e as suas especificidades transformadas em trilhos da ciência. A comunidade local é convidada a fazer o percurso enquanto participa numa experiência imersiva de visitação das características únicas das suas ilhas e conhecimento das semelhanças entre as várias localidades que participam no projeto. Os estudantes envolvidos no processo terão a oportunidade de fazer investigação colaborativa com seus colegas em outras partes do mundo, desenvolvendo competências importantes tais como: pensamento crítico, criatividade, capacidade de argumentação e comunicação, entre outras importantes competências que encontramos no “Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória”.

Sílvia Ribeiro

By | Seminário 2018 | Biografias

Sílvia Ribeiro
Licenciou-se em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, sendo Mestre em Etologia pelo Insituto Superior de Psicologia Aplicada e com formação em bem-estar animal. Desde 1996 trabalha em projetos de investigação e conservação aplicada do lobo-ibérico desenvolvidos pelo Grupo Lobo em Portugal, em particular na recuperação e promoção do uso de cães de gado como uma forma eficaz de proteger os animais domésticos e contribuir para mitigar os conflitos com o lobo. Participou em vários projetos e mais recentemente no LIFE MEDWOLF (LIFE11NAT/IT/069), que decorreu em Itália e em Portugal onde visou o núcleo lupino na região raiana a Sul do rio Douro. Apresentou dezenas de comunicações científicas, sendo co-autora de vários artigos e livros, e desde 2015 co-editora da revista Carnivore Damage Prevention News.

Giovanni Giorgetti

By | Seminário 2018 | Biografias
 

Natural de Lisboa e formado em Gestão Ambiental pela Universidade da Madeira em 2013. Estágio Profissional no Departamento de Ambiente da Câmara Municipal do Funchal.
Colabora na ABAE desde 2013, apoiando a coordenação dos programas Green Key, Bandeira Azul e Eco-Escolas no projeto Interreg Sudoe ClimACT.
Voluntariado e organização de atividades em projetos de educação ambiental, reflorestação, conservação da biodiversidade, limpeza de praias, etc.
Contacto: giorgetti@abae.pt

X