Muros Com Vida

Enquadramento

O Projeto “Muros com Vida” é lançado na Década das Nações Unidas da Restauração de Ecossistemas (2021-2030) com o intuito de contribuir para alertar e mobilizar a comunidade para a prevenção e inversão do processo de degradação dos ecossistemas terrestres e aquáticos, com repercussões nas alterações climáticas e na extinção em massa de várias espécies.

O Projeto assenta no entendimento da importância da rua enquanto suporte das dinâmicas dos municípios e elemento estruturante e agregador do espaço público, como espaço de educação, espaço de arte, espaço de contemplação e espaço de partilha e comunicação dos princípios de sustentabilidade.

O município, as escolas e toda a comunidade são desafiados a trabalhar no sentido de promover a preservação e valorização dos ecossistemas, através da arte urbana.

 

Definição do Trabalho:
O Projeto “Muros com Vida” consiste na realização de pinturas ao ar livre em muros dentro do recinto escolar ou em espaços afetos ao domínio público municipal, de livre acesso e uso coletivo, nomeadamente em espaços emblemáticos do concelho, em locais de passagem e em edifícios requalificados. As pinturas devem enquadrar-se nos temas do ano Eco-Escolas “Biodiversidade: Preservar e Regenerar” e “Espaços exteriores”, podendo integrar ecossistemas como florestas, terras agrícolas, zonas húmidas e oceanos.

 

Público-alvo:
Alunos do 1.º ciclo, 2.º ciclo, 3.º ciclo, secundário, profissional e superior.

 

Objetivos:
– Promover um novo olhar sobre os territórios, centrado na arte;
– Incentivar à preservação e valorização do espaço público, quer dentro do recinto escolar, quer fora da escola;
– Sublinhar a importância da preservação/recuperação de ecossistemas;
– Melhorar o aspeto estético do recinto escolar e/ou do espaço público do município;
– Trabalhar a expressão artística, explorando o potencial criativo das crianças e jovens, exteriorizando preocupações, ações, comportamentos e realidades no âmbito da sustentabilidade;
– Proporcionar novos espaços de partilha, convívio, comunicação.

 

Intervenientes:
A concretização do projeto implica a conjugação de sinergias entre a Autarquia e as Eco-Escolas do concelho. Para que este projeto tenha o efeito de uma campanha impactante na comunidade local e nacional é fundamental o papel de cada um dos envolvidos que se comprometem a pôr em prática as ações inerentes, nomeadamente:

AUTARQUIAS

  • Formalizam o interesse em participar no projeto, através do preenchimento de formulário de inscrição;
  • Comunicam com as suas Eco-Escolas e procedem ao levantamento do número de escolas interessadas em participar;
  • Coordenam o projeto a nível local, responsabilizando-se por toda a logística inerente à sua concretização;
  • Fornecem os materiais (pincéis, tintas, luvas, etc.) necessários à implementação do projeto, sendo responsáveis pela escolha e distribuição dos mesmos.

ESCOLAS

  • Aderem ao projeto na plataforma Eco-Escolas, caso a sua autarquia o tenha feito previamente;
  • Desenvolvem internamente o processo para seleção da(s) imagem(ns) a pintar;
  • Submetem a imagem na plataforma Eco-Escolas;
  • Divulgam o projeto pelos meios ao seu alcance;
  • Realizam a(s) pintura(s), em articulação com a autarquia;
  • Enviam para a ABAE fotografias da(s) pintura(s) que realizaram.

ABAE

  • Coordena o projeto a nível nacional;
  • Divulga o Projeto na página Eco-Escolas e respetivas redes sociais;
  • Premeia os melhores trabalhos a nível nacional.

 

@Tiago Hacke | Município de Águeda

Prazos:

  • até 10 de fevereiro | inscrição do município
  • até 28 de fevereiro | o município divulga e convida as suas Eco-Escolas a participar
  • 15 de março | data limite de inscrição das escolas
  • até 9 de abril | data de submissão do desenho/protótipo a pintar
  • até 30 de maio | realização das pinturas
  • até 15 de junho | submissão das fotografias das pinturas.

 

Como Participar:

  • Para que as escolas possam participar/concretizar estes projetos é fundamental a inscrição prévia do município. Só depois as escolas dos respetivos municípios poderão manifestar a sua vontade em participar.
  • Em qualquer dos casos a inscrição realiza-se na plataforma Eco-Escolas.

 

Prémios

  • A ABAE premiará pelo menos 3 pinturas a nível nacional.
  • O município poderá atribuir um prémio a nível local aos melhores trabalhos das suas escolas.

 

Júris

O júri será constituído por elementos da Comissão Nacional Eco-Escolas e especialistas convidados.